Manual de convivência para leigos

Eu deveria andar com o meu mapa astral na carteira para apresentar como justificativa cada vez que eu fizesse bobagem. Não sei qual sentido existe por trás da astrologia, nem mesmo se existe algum. Sei que esta sou eu, cuspida e escarrada, nas palavras de alguém que não me conhece:

1) Sol:

a. Marte e Sol num ângulo chamado conjunção: só ocorre uma vez ao ano, durando poucos dias e aumenta - e muito - a qualidade guerreira de qualquer pessoa. Afirmação agressiva da força pessoal. Vontade executiva e realizadora. Sujeição aos próprios caprichos do ego. Predisposição natural para a briga, sobretudo em qualquer ambiente que envolva a idéia de território e espaço. Personalidade afirmativa. Poderoso espírito de iniciativa. Pode eventualmente exceder-se, tendo maneiras entusiásticas demais, ou mesmo com acessos de impaciência. Eu desejo é uma frase-chave para este aspecto.

b. Sol e a Lua num ângulo tenso entre si: sugere uma luta entre duas forças poderosas, que se negam mutuamente. Isso acarreta um desconforto que você pode sentir em relação a si mesma, como se existissem duas pessoas que querem coisas diferentes, lutando no cerne de sua alma. Por conta deste conflito entre ego e inconsciente, seu temperamento é algo instável, de modo que você se debate consigo mesma, se angustia com as próprias contradições e fica tensa com a própria imperfeição. Como Sol e Lua estão em signos contraditórios, você pode desenvolver a mania de se criticar, geralmente exagerando na dose e se comportando de forma caprichosa. Podemos dizer, portanto, que a quadratura Sol-Lua se trata de um curto-circuito da personalidade.

2) Lua:

a.
Lua em Câncer: uma das mais poderosas posições que a Lua pode ocupar em sua órbita celeste. Memória excepcional. Alto nível de ansiedade emocional. Ressentimento e retenção de emoções. Incrível imaginação. Costumo brincar dizendo que a Lua em Câncer possui uma imaginação tão, mas tão forte, que vive as coisas em sua própria cabeça - e o que a pessoa vive internamente nem sempre equivale ao real, mas ela reage como se fosse!

b. Contato angular muito poderoso entre a Lua e Marte: vivifica e acelera respostas emocionais. É muito comum encontrar este tipo de aspecto em pessoas do estilo bateu, levou - são reativas e costumam expressar aquilo que estão sentindo. Em geral, suas reações diante dos fatos da vida tendem a ser imediatas. Há um risco de viver as coisas de uma forma meio exagerada perdendo o senso de limite das próprias reações.

c. Lua na Casa 8: emoções muito intensas são a marca registrada. Atenção redobrada para não ser vítima de obsessões emocionais às quais se apega. Necessidade emocional de entrar em colapso. Facilidade para fazer as pessoas se abrirem com você, muitas dizem que têm a impressão de lhe conhecer de longa data e abrem seus corações, contando coisas que talvez não diriam nem para os analistas.

3. Vênus:

a. Vênus na Casa 1: fica evidente uma característica sedutora que faz parte da sua natureza, que envolve e fascina. Pessoas que possuem Vênus na primeira casa astrológica conquistam o que desejam por intermédios de jogos sedutores, sabendo exatamente que tipo de sorriso dar e a forma de olhar que garante que os outros lhe dêem chorando o que você pede sorrindo. E, de fato, você tende a exibir beleza física ou uma atmosfera especial que termina encantando os outros. Num sentido negativo, você pode usar isso para manipular os outros em benefício próprio. Quando você nasceu Vênus estava prestes a se levantar no horizonte, dando este brilho especial que pode ser usado para harmonizar ou manipular, a depender de sua maturidade.

b. Vênus no fogoso signo de Sagitário: o amor, nesse caso, só faz sentido se for vivido à moda de uma aventura totalmente inusitada, sentindo uma verdadeira repulsa pelas coisas comuns e rotineiras. Você ama as pessoas alegres, adora gente divertida. O problema é que pode gostar tanto delas, que termina provando-as todas, como se fossem sorvetes de diferentes sabores. Seriedade demais pra você não combina com romance. A coisa tem que começar como uma grande brincadeira, e terminar na cama. A natureza é a de um caçador: você curte sentir que você conquistou a presa, e não o contrário. O centauro gosta de sentir que saiu para caçar e levou pra casa a melhor presa que poderia atingir com sua flechada. Paixões ferozes que logo se extinguem quando passa o tesão. Só que há um detalhe sobre esse lado inconstante: ele só aparece quando a relação entra numa rotina. Se a vida for sempre uma aventura, Vênus em Sagitário é fidelíssimo. Para lidar com alguém como você, é preciso lhe dar o máximo de liberdade, pois em verdade quanto mais lhe cobram, menos você dá. Quando não lhe exigem nada, você dá tudo! Outra possibilidade é que você se admire imensamente por pessoas inteligentes, que discutirão com você assuntos de ordem filosófica e existencial. Um jantar romântico à luz de velas com você só é perfeito se o casal discutir quem criou o universo, por exemplo. Conversas banais cortam o seu tesão. Se a vida lhe permitir, você terá muita coisa pra contar na velhice, sobretudo no que diz respeito a mil amores que mais parecem contos de ficção, com as fotos dos parceiros exibidas como troféus de caça. Pode até ter uma vida amorosa estável, mas para isso tem que encontrar alguém que não seja um tédio e que suporte esse seu gosto por viver no limite.

4. Mercúrio:

a. Mercúrio em conexão total a Marte: em geral tem, como marca registrada, a velocidade com que processa informações. Num sentido positivo, você tem a aptidão de comunicar suas idéias de uma forma verdadeiramente estimulante! Você incendeia os outros com seu mental. Mercúrio-Marte lhe confere coragem para defender suas próprias idéias, habilidade lingüística e talento para escrever. Uma outra marcante qualidade resultante é a persuasão: você, com esse tipo de aspecto, é capaz de convencer os outros daquilo que deseja, nem que para isso faça jogos com a lógica. O lado negativo deste aspecto entre Mercúrio e Marte costuma representar quase sempre uma língua terrivelmente ferina. Há muita facilidade para captar os defeitos ocultos e as falhas fundamentais, de modo que lhe é muito fácil atacar os outros, desestabilizá-los, enfraquecê-los mediante o uso da palavra e da lógica, ainda que essa lógica seja, na verdade, uma distorção do raciocínio verdadeiramente plausível.

b. Mercúrio-Júpiter em tensão recíproca: tendência a se portar como dona da verdade, numa espécie de absolutismo intelectual que não admite contradição, que vem naturalmente da influência arrogante de Júpiter sobre o raciocínio mercuriano. Por conseqüência, há a tendência a julgar - e o problema aqui não é exatamente o julgamento em si, mas ele em sua forma excessiva. Há, com esse aspecto, uma tendência a falar de forma muito veemente. Nem sempre essa é a intenção, mas é preciso aprender a ficar atenta quanto ao tom de voz empregado.

c. Mercúrio em comunhão total a Saturno: "Seus questionamentos incomodam" costuma ser uma frase repetidamente dita a uma criança que possui esse aspecto. O intelecto mercuriano alia-se à profundidade saturnina, desenvolvendo uma mente arguta e perspicaz, mas que percebe que as coisas que diz costumam causar incômodo no meio ambiente. A questão é que Saturno imprime um nível de aprofundamento de visão que lhe leva a abordar os assuntos dentro de uma perspectiva que não é aceitável quando se é muito jovem. Não à toa, é muito comum encontrarmos Mercúrio aspectando Saturno em mapas de pessoas que enfrentaram algumas dificuldades acadêmicas. Enquanto as pessoas empenham todo o seu destino em universidades, você desenvolveu antes um sistema próprio de pensamento, que lhe permite manter um alto nível de liberdade intelectual. É antes uma autodidata, geralmente aprendendo melhor por si mesma, do que uma aluna boazinha que obedece todas as regras. É comum encontrarmos pessoas Mercúrio-Saturno empenhadas em serem intelectualmente poderosas, dominando ao máximo um conhecimento específico, tornando-se as autoridades supremas numa determinada direção.

5. Júpiter na oitava casa zodiacal: o sentido da vida é encontrado através de um interesse ativo pelo lado misterioso e tabu da vida. Assuntos tais quais sexo, psicologia, ocultismo e os mistérios da vida e da morte tendem a lhe fascinar, despertando sua consciência para dimensões mais elevadas. No seu caso, a expansão da consciência pode ser encontrada no sexo, que pode ser vivido de uma maneira quase religiosa. Uma pessoa de Júpiter na Casa 8, ao fazer sexo, sente que tem sua consciência expandida e que está tendo uma experiência que vai muito além do simplesmente carnal. Seus parceiros sexuais também sentem isso e percebem que, com você, transar é muito mais do que apenas satisfazer o corpo. Num sentido negativo, isto pode se traduzir num excesso de apetite sexual.

6. Urano ativando a primeira casa astrológica: é muito simbólico vir ao mundo ao mesmo tempo em que um planeta, pois é como se ele fosse o arauto do seu nascimento. Também podemos dizer que você incorpora a imagem viva do planeta. Urano é a própria imagem da eletricidade e você, com este planeta na primeira casa, tem uma qualidade elétrica em torno de si. Com Urano na Casa 1, pode-se dizer que você é a conduíte por onde se expressam as qualidades de liberdade e revolução. Pouca ou nenhuma vocação para uma vida rotineira e convencional. O grande papel de uma pessoa de Urano na Casa 1 é o de revelar ao mundo que verdades padronizadas são coisas de séculos atrás. Cada um tem seu caminho, cada um tem sua verdade. E é isso que você veio mostrar ao mundo. Nem que para tanto precise chocar, ir contra a corrente, fazer loucuras e ter uma vida inicialmente pouco estável. O caminho de vida de uma pessoa uraniana, envolve justamente traçar sua própria trilha. Você não nasceu para caminhar por estradas já demarcadas. Você deseja criar seus próprios caminhos, e por isso mesmo poderá iniciar a vida tendo problemas familiares ou sociais, porque você simplesmente se recusa a seguir o manual de instruções da vida - você quer escrevê-lo por si mesma.

7. Sol e Urano conectados numa poderosa angulação: a qualidade progressista e revolucionária de Urano se combina com o Sol no seu mapa, lhe conduzindo a uma postura de rebelião contra toda e qualquer forma de consolidação de uma imagem. Urano não permite que você se identifique com padrões de estabilidade e ordem permanente. Na base deste seu comportamento há uma profunda necessidade de sua parte de dar exemplo para que os outros tenham a coragem de expressar suas reais identidades. Você compreende de forma muito profunda o quanto as pessoas se atrelam a formas pré-definidas de ser e se comportar. Compreende, acima de tudo, que a maioria das pessoas não é ela mesma. E você sabe, claramente, que é preciso dar o exemplo para que os outros entendam que é possível dar vazão ao eu mesmo sem temer represálias. Você é especialista em surpreender, e esta é a base de seu poder pessoal. A tão famosa genialidade associada a Urano é mais uma propaganda do que necessariamente uma verdade, mas termina tornando-se verdade na medida em que você convence as outras - na frágil necessidade humana de acreditar - que é, intensamente, uma criatura especial. Assim se comporta, assim se torna. O comportamento, a atitude, o gesto, tudo isso ultrapassa o mental, aniquila o poder de análise e seduz as massas. Você veio para este mundo para mostrar sua singularidade, estimulando os outros a terem a coragem de serem eles mesmos.